O Sistema de Progresso, que procura envolver – de forma consciente – cada criança e jovem no seu próprio desenvolvimento, é a principal ferramenta de suporte à progressão pessoal, assentando numa perspectiva personalista, considerando as características individuais de cada um, e baseando-se num conjunto de objectivos educativos.

O desafio lançado pelo Sistema de Progresso merece alguma atenção, sendo o mesmo apresentado no menu ‘Escutismo’ – ‘Programa Educativo’. Aí são apresentadas algumas linhas de orientação, mas para um conhecimento exacto do Sistema de Progresso será necessário consultar o Programa Educativo, disponibilizado em PDF no menu referido.

Se o objectivo for conhecer o Sistema aplicado a cada uma das secções, em ‘Secções’ – mais concretamente no espaço de cada uma delas -, disponibilizam-se atalhos para os livros de Sistema de Progresso, os oficiais e os Complementos criados pelo Agrupamento.

Apresentamos agora, em traços muito largos, o conceito do sistema de progresso previsto para cada uma das secções.

Lobitos

O que os lobitos gostam de fazer é brincar. E nós, tal como os lobitos na natureza gostamos de brincar. Mas não fazemos só isso; também contamos histórias, cantamos, dançamos, fazemos disfarces para os nossos imaginários, pintamos, etc. Tudo isto é divertido! Quem aqui chega vai aprendendo as regras de comportamento na Alcateia e vai evoluindo. No início é preciso dar tempo para que aprendam as regras básicas e verem se gostam da nossa companhia. Nessa altura dizem que és um lobito pequenino que ainda está a aprender tudo: és um Pata-Tenra!

Passado algum tempo, quando já souberes regras básicas, vais fazer a tua Promessa. Sabes o que isso quer dizer? Quer dizer que gostaste tanto daquilo que fazemos que queres MESMO fazer parte da Alcateia e vais dizer aos teus chefes que decidiste ser um dos nossos! Com o teu compromisso toda a Alcateia te vai aceitar e nesse momento passas a fazer parte da grande família dos lobitos. Só depois do teu compromisso e de teres o teu lenço amarelo de Lobito é que vais aprender ainda mais. O caminho a percorrer é longo, mas tu vais conseguir fazê-lo.

Primeiro serás um Lobo Valente: um daqueles que não tem medo de nada na Selva, apesar de saber muito pouco sobre ela. Nesta altura, porque és valente, não vais ter medo de ir para acampamentos ou de participar em actividades que não conheces. Caçarás em grupo com a Alcateia e saberás que se protegem uns aos outros.

Depois, vais ser um Lobo Cortês. Vais ser capaz de ser amável e paciente para com os mais novos, os Patas-Tenras acabados de chegar e que precisam de ser ajudados. Como és cortês vais também mostrar-te sempre alegre, respeitador, simpático e ajudar a zelar por todos e pelo bem da Alcateia. Não vais troçar de ninguém, vais pensar sempre primeiro antes de fazeres alguma tolice…
Quando tu conseguires ser assim, podes passar a ser um Lobo Amigo.

Serás já capaz de uivar tal como Aquelá, com cuja idade e experiência aprendes a ser cada vez melhor. Passarás a ser um exemplo para os outros: um lobo amigo domina a sua vontade e os seus sentimentos e cumpre a Lei da Alcateia e a sua Promessa. E um lobito que é amigo dos outros tem paciência para com os lobitos mais novos, ajuda-os em tudo o que pode ‘da melhor vontade’, é capaz de perdoar. Sobretudo, nunca se esquece que um lobito é sempre um irmão, nunca um inimigo, e que os mais fortes protegem sempre os mais fracos!

À medida que fores progredindo Aquelá, ir-te-á dando insignia para que as coloques no braço esquerdo da tua camisa, de modo a que todos saibam o que já sabes. Se fores pata tenra todos cuidarão de ti, e quando fores Lobo Amigo todos esperarão a tua ajuda.

Exploradores

Estás a começar um novo percurso, onde és tu que escolhes o teu caminho. Deves, com a ajuda do teu Guia e da tua equipa de animação, compreender o sistema de progresso que te permitirá cumprir os objectivos a que te propões. Depois, escolhes o teu percurso, segundo aquilo que tu mais queres aprender e onde achas que deves apostar para crescer mais e melhor.

Durante o tempo que vais estar nos Exploradores, tens de crescer em seis áreas de desenvolvimento, a saber: Física, Afectiva, Carácter, Espiritual, Intelectual e Social. Para te lembrares das áreas de desenvolvimento basta lembrares-te que as suas iniciais constituem a palavra FACEIS. O teu desenvolvimento será feito em quatro etapas. Em cada etapa receberás uma insígnia que identificará em que etapa te encontras.

Durante o Apelo, sentirás que na vida há algo que nos chama a deixar o mundo um pouco melhor do que o encontrámos. Este é o apelo à força da vida, à solidariedade, à vontade, à educação e à entreajuda. Um apelo que vem de cima, que vem do alto. Quando o sentires estarás pronto para fazer a tua Promessa de escuteiro. Com o teu compromisso tornar-te-ás verdadeiramente um escuteiro.

Aqui inicias a Aliança que nas insígnias de progresso está representada pelo nó de escota, que representa muito mais que um simples nó. Representa um nó entre duas partes, distintas na sua essência mas que procuram firmeza na união. É assim que funcionarás com a tua patrulha.

Com o tempo descobrirás o teu Rumo. Terás claro que queres seguir o caminho do bem. A tua vida tem uma direcção e, mais que isso, um sentido. Tem rumo, rumo que permite avançar sem medo, embora com cautela, olhando de frente para o horizonte.

Em determinado momento começarás a pensar no que queres fazer com a tua vida. Será a tua viagem de Descoberta. Descobrir o caminho que temos que seguir nem sempre é fácil. Requer maturidade, empenho, persistência. Requer também a reflexão sobre como o Senhor está sempre presente na nossa vida e sobre o modo como queremos abraçá-lo, pois essa é sem dúvida a nossa maior descoberta. Com o princípio da descoberta de ti mesmo estarás pronto para a passagem para a III Secção (Pioneiros).

Pioneiros

O Escutismo é uma atividade em que o crescimento do indivíduo se faz promovendo compreensão sobre o mundo que nos reodeia, o auto-conhecimento e a nossa relação com Deus.

Dentro de cada Secção existe um Sistema de Progresso. O Sistema de Progresso consiste em 4 etapas que um elemento percorre ao longo do seu percurso na Secção. Em cada etapa receberás uma insígnia que identificará em que etapa te encontras. Com a ajuda do Guia e da equipa de animação, deverás compreender o sistema de progresso que te permitirá cumprir os objectivos a que te propões e escolher os teus trilhos, maximizando aquilo que queres aprender e as apostar que fazes para o teu desenvolvimento pessoal.

Após a etapa da Adesão, que também é chamada de Desprendimento, em que aprenderás a dar valor ao essencial da vida, porque isso nos torna puros. A capacidade de nos desprendermos do supérfluo e de absorvermos princípios de humanidade e humildade só nos poderá trazer felicidade. No final estarás apto para fazer a tua promessa e assumires os teus compromissos com a tua equipa de pioneiros.

Passarás então para a etapa do Conhecimento, em que, gradualmente, irás construir bases para o teu futuro. Tomarás consciência de que, o que aprendemos sozinhos e com os outros será importante para o resto da nossa vida.

Depois será a etapa da Vontade de ser mais e melhor. Nessa fase buscarás em ti a força que permite romper e irromper, quebrando o aparentemente fechado com vida nova.

Por último, na etapa da Construção, tendo já plena consciência das tuas capacidades e do teu potencial, fortalecido na tua fé, começarás a desenvolver a tua ação de construtor da Igreja. Ao chegares a este ponto atingiste a maturidade dos Homens adultos.
No entanto, será apenas agora que começará a tua caminhada em busca da capacidade de partilhar o melhor de ti mesmo com os outros, para que possas atingir o paradigma do Homem Novo a que almejam os camnheiros na IV Secção.

Caminheiros

A progressão do Caminheiro mede-se pelo seu grau de maturação enquanto como indivíduo se vai transformando no Homem Novo, capaz de servir a sua comunidade. O Sistema de Progresso da IV Secção, tal como nas restantes consiste em 4 etapas que um elemento percorre ao longo do seu percurso na Secção. Em cada etapa receberás uma insígnia que identificará em que etapa te encontras. Deverás compreender o sistema de progresso que te permitirá cumprir os objectivos a que te propões e escolher os teus trilhos, maximizando aquilo que queres aprender e as apostar que fazes para o teu desenvolvimento pessoal.

A tua adesão ao Clã começa quando buscas o Caminho. Um caminheiro faz caminho, de vara em punho e rumo a um horizonte por ele definido, ultrapassando dificuldades e obstáculos, fazendo as opções necessárias para atingir o seu objetivo. Nesta etapa do teu percurso, estejas tu a entrar para o CNE ou a entrar para a IV Secção, vindo dos Pioneiros, vais começar a perceber o que se espera de um Caminheiro. É aqui que deves começar a escrever o teu projecto pessoal de vida (PPV). Quando o Caminho estiver claro e souberes o como desejas participar no Clã e na Comunidade, então estarás pronto para fazer a tua promessa, através da qual ficarás vinculado(a) ao Clã.

O Clã ajudar-te-á nessa etapa de Comunidade. A união e o companheirismo vivenciados no interior do Clã são sempre bons aliados para uma jornada que não se espera fácil; em comunidade, partilham-se alegrias e dificuldades, ganham-se forças e vive-se a solidariedade.

Em busca do Homem Novo assumirás a missão de Serviço. O lema do Caminheiro é “Servir”. O desapego e a vontade de ajudar o próximo e a Comunidade, em geral, são características do Caminheiro que já se assumiu como tal.

Por fim chegará a Partida. Fim de um percurso, inicio de outro. O despedir sentido aos que ficam, um olá convicto aos que nos esperam do outro lado do escutismo. Nesta última etapa do teu percurso, ser-te-á proposto algo diferente: um Desafio de serviço aos outros. Um projecto elaborado por ti, onde prestes um serviço durante 3 a 6 meses, preferencialmente, fora do movimento.

Acabaste o teu percurso na secção e no Escutismo. Espera-se que estejas preparado para a vida adulta, apetrechado com as ferramentas e valores que foste adquirindo na tua passagem pelo escutismo e, principalmente, nesta secção dos caminheiros. Por isso mesmo, serás validado pelo teu Clã para assumires o teu papel na Sociedade. Far-te-ão uma cerimónia formal de partida.

Depois, poderás continuar a dar o teu contributo para o movimento, enquanto Dirigente, ou então optar por fazer caminho noutras direcções.

Decide bem, pois achamos que atingiste a plenitude de Homem Novo…